domingo, 16 de junho de 2019

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Paraná: PM morre após disparo na perna e suspeita é de tiro acidental

Paraná: PM morre após disparo na perna e suspeita é de tiro acidental
Crédito da foto Para (Foto: Arquivo JM)
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Um policial militar de 43 anos morreu durante a madrugada deste domingo (9) em Ponta Grossa com um tiro na perna. O caso foi registrado no bairro Jardim Carvalho e, de acordo com informações repassadas pela Polícia Militar, a principal suspeita é de que o tiro tenha sido acidental e partido da arma do próprio policial.

A vítima, que ainda não teve o nome confirmado pelas autoridades de segurança, estava no interior de um veículo particular na Rua Otávio de Carvalho quando teve a perna atingida pelo disparo. Equipes de socorro estiveram no local para tentar reanimar o policial militar, mas ele não resistiu aos ferimentos.

 A suspeita de que a arma tenha sido disparada acidentalmente se deve pela posição em que ela foi encontrada e a forma como o tiro atingiu a perna. No entanto o caso passará por investigação da Polícia Civil para que não haja dúvidas em relação à morte.

O corpo foi recolhido pelo Instituto Médico-Legal (IML) de Ponta Grossa e levado até a sede do órgão, ao lado do Hospital Universitário Regional dos Campos Gerais.

Para mais informações sobre os Campos Gerais acesse o Portal A Rede clicando aqui.

 

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: A Rede

Notícias Relacionadas

Comentar: Paraná: PM morre após disparo na perna e suspeita é de tiro acidental

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596