segunda-feira, 22 de julho de 2019

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Paraná: Radar portátil da PRF flagra carro a 197 km/h

Paraná: Radar portátil da PRF flagra carro a 197 km/h
Crédito da foto Para Imagem Ilustrativa google imagens
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrou na quinta-feira (28) um automóvel Volkswagen Jetta a uma velocidade de 197 quilômetros por hora na BR-467 em Cascavel, na região oeste do Paraná.

O limite máximo sinalizado no local é de 110 km/h.

Além da multa de natureza gravíssima, que custa R$ 880 e sete pontos na carteira de habilitação, o motorista flagrado a 197 km/h responderá ainda a um processo de suspensão do direito de dirigir.

O prazo dessa suspensão varia de dois a oito meses. Em caso de reincidência, a suspensão pode durar até um ano e meio.

Desde o último dia 22 de dezembro, quando a PRF deu início à Operação Rodovida 2017-2018, a PRF registrou através de radares portáteis 8.097 flagrantes de excesso de velocidade nas rodovias federais do Paraná.

Cerca de 21% das mortes registradas pela PRF no estado ao longo de 2016 foram provocadas por motoristas que transitavam acima da velocidade máxima permitida pela sinalização.

Os policiais rodoviários federais priorizam a operação de radares controladores de velocidade em trechos críticos, onde foram registrados acidentes graves.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: PRF

Notícias Relacionadas

Comentar: Paraná: Radar portátil da PRF flagra carro a 197 km/h

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596