quarta-feira, 26 de Fevereiro de 2020

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Paranaense vai passar férias no RN e encontra foto sua ilustrando carrinho de crepes: ‘Culpa do Google’

Paranaense vai passar férias no RN e encontra foto sua ilustrando carrinho de crepes: ‘Culpa do Google’
Crédito da foto Para Jornalista não acreditou quando viu sua foto em carrinho de crepes (Foto: Reprodução Facebook)
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Uma história inacreditável faz sucesso nas redes sociais desde  quinta-feira (5): a jornalista curitibana Francielly Azevedo, de 24 anos, curtia as férias na praia de Ponta Negra, em Natal, no Rio Grande do Norte, quando se deparou com uma foto dela em um carrinho de crepe.

Jornalista não acreditou quando viu sua foto em carrinho de crepes (Foto: Reprodução Facebook)

Segundo a jornalista, a imagem foi tirada em 2013, quando ela participava de uma reportagem sobre o comércio do alimento na capital paranaense. Na época, ela publicou a foto no Facebook, sem jamais imaginar que a encontraria a mais de 3 mil quilômetros de distância anos depois.

“Eu estava deitada na beira da praia e o ambulante se aproximou, me oferecendo um crepe. Eu disse que não queria e, quando me virei para sentar na espreguiçadeira, dei de cara com a foto. Demorei para processar, tinha tomado cerveja e até brinquei, dizendo que poderia ser coisa do álcool… Mas no fim era eu mesma e eu falei para o vendedor. Ele não acreditou, ficou assustado com a minha reação e saiu”, contou Francielly, bem-humorada, em entrevista à imprensa.

A jornalista não desistiu e correu atrás do rapaz, para registrar o momento. “Ele também apressou o passo, talvez achou que eu faria alguma coisa para prejudicá-lo, mas eu gritei que só queria fotografar o carrinho. Ele, então, parou e explicou que fez uma busca no Google e a minha foto foi uma das primeiras que ele encontrou. Eu levei na esportiva, achei engraçado, ainda mais por ele ter estacionado na minha frente, foi muita coincidência. Ele me deu alguns crepes e eu disse que os direitos de imagem já estavam pagos”, completou Francielly.

O caso inusitado foi parar nas redes sociais e a jovem brincou: “E aí você, de boa, na beira da praia em NATAL encontra sua foto no carrinho de crepe ?? Sim, sou eu com roupa de frio, em Curitiba, ruiva. Foto feita pelo Giovanny Belchior em 2013”, escreveu.

Apesar de se divertir com a história, a jornalista alerta para as postagens que as pessoas fazem na internet. “Nós temos que tomar cuidado com o que publicamos, porque ali para mim não tinha problema algum, mas imagine se a foto estivesse em um local que eu não gostasse”, finalizou.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Marina Sequinel e Luiz Henrique de Oliveira

Notícias Relacionadas

Comentar: Paranaense vai passar férias no RN e encontra foto sua ilustrando carrinho de crepes: ‘Culpa do Google’

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596