Saturday, 19 de September de 2020

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Polícia civil tenta localizar mulher que aparece estrangulando criança em vídeo

Polícia civil tenta localizar mulher que aparece estrangulando criança em vídeo
Photo Credit To Bem Paraná
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

A Delegacia do Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes já iniciou a investigação nesta segunda-feira (28) e procura uma mulher que aparece em um vídeo estrangulando uma criança de aproximadamente 3 anos. Em outro vídeo a criança aparece deitada sendo esganada, porém nesse segundo vídeo não é possível visualizar o agressor ou agressora.
Neste domingo, o vídeo viralizou nas rede sociais causando muita revolta e indignação.
Ainda não há um versão oficial sobre e real caso, a polícia já trabalha com várias hipóteses do porquê da gravação do vídeo. Em uma das mensagens divulgadas nas rede sociais, relatam que a própria mãe com dois homens teria sequestrado o filho da casa do pai e em seguida enviado os vídeos para ameaçá-lo, porém essa versão não foi confirmada pela polícia. Várias pessoas que compartilharam o vídeo afirmaram que o vídeo é de Curitiba,mas essa versão também não foi ainda confirmada pela polícia.
Os policiais pedem cautela nos boatos, pois podem acabar expondo uma pessoa que não tem nada a ver com a situação ou acabar iniciando uma caça as bruxas condenando alguém inocente.
A polícia já tem a identificação da provável mulher do vídeo e ela deve ser detida nas próximas horas.
Quem tiver mais informações pode ligar no Nucria de Curitiba (41) 3244-3577

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Post source : João Carlos Frigério

Related posts

Comentar: Polícia civil tenta localizar mulher que aparece estrangulando criança em vídeo

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

WhatsApp 596