sexta-feira, 18 de outubro de 2019

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

PRE quer identificar dono de animais que provocaram acidente na PR-439

PRE quer identificar dono de animais que provocaram acidente na PR-439
Crédito da foto Para Motorista e passageiros do Voyage saíram ilesos: PRF quer identificar proprietário dos animais (Luiz Guilherme Bannwart)
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

O comandante do Posto da Polícia Rodoviária Estadual (PRE) de Santo Antônio da Platina, subtenente Lucélio Braz da Silva, vai solicitar abertura de inquérito à Polícia Civil para investigar o grave acidente ocorrido na manhã desta quarta-feira, 1º, no quilômetro 61 da PR-439, próximo a Santo Antônio da Platina. O oficial quer identificar o proprietário dos animais que provocaram a colisão, que poderia ter resultado em tragédia.

De acordo com o policial militar rodoviário, os acidentes no trecho da PR-439 são constantes e precisam ser adotas medidaspara evitar mortes na rodovia. “É um local bastante perigoso, onde frequentemente acontecem acidentes desta natureza por imprudência de algumas pessoas. Mesmo em velocidade compatível, quando há colisões envolvendo animais de grande porteos danos são graves, como no acidente ocorrido na manhã desta quarta-feira. Os proprietários desses animais precisam ser identificados e responsabilizados por deixá-los soltos na rodovia. Infelizmente os cavalos morreram, mas poderíamos estar discutindo uma tragédia bem maior”, disse o comandante da PRE.

O acidente

Por volta das 6 horas, um Voyage com placas de Ribeirão do Pinhal atropelou e matou dois cavalos no quilômetro 61 da PR-439, próximo ao trevo de acesso à avenida José Palma Rennó. Em seguida, o carro ainda atingiu um barranco à margem da rodovia. O motorista Marcos Roberto de Assis, 24, e um passageiro – não identificado, saíram ilesos.

Assis contou que estava em baixa velocidade devido a forte neblina, mas mesmo assim não conseguiu evitar a batida que destruiu a frente e parte do teto do veículo.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Luiz Guilherme Bannwart

Notícias Relacionadas

Comentar: PRE quer identificar dono de animais que provocaram acidente na PR-439

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596