quarta-feira, 18 de setembro de 2019

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Projeto para segundo médico no Pronto Socorro chega à Câmara

Projeto para segundo médico no Pronto Socorro chega à Câmara
Crédito da foto Para Marcos Junior
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

O Projeto de Lei 52/2019 do Poder Executivo chegou à Câmara Municipal na última semana. Ele será lido na sessão ordinária desta segunda-feira, 19, e encaminhado para as Comissões e posteriormente votação pelos vereadores.

O documento destina R$ 300 mil do repasse do Poder Legislativo para a Santa Casa de Misericórdia para a contratação de mais um médico no período das 17 às 22 horas no Pronto Socorro.  Em julho deste ano, os vereadores Fúlvio Boberg, Nilton Stein, Patrícia Martoni, Chiquinho Mecânico e Luiz Carlos do Nascimento juntamente com o Secretário Municipal de Saúde Marcelo Nascimento participaram de uma reunião com a Diretoria da Santa Casa.

Na ocasião ficou definido que no horário de pico seriam disponibilizados dois médicos para o atendimento da população. “Uma grande reclamação de quem precisa do local é a demora no atendimento. Esta união irá aumentar o número de consultas no mesmo período”, comenta o Presidente do Poder Legislativo Fúlvio Boberg.

O Presidente da Santa Casa Nilton José de Souza explicou sobre a situação do questionamento da demora no atendimento na unidade hospitalar. “O médico está realizando o atendimento. Chega uma urgência. Ele precisa deslocar até a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), fazer todos os procedimentos e isto vai até quarenta minutos. Com isto, acaba demorando no atendimento das pessoas que estão ali”, justifica Nilton José de Souza.

No início do mês de agosto, o Presidente da Câmara Municipal recebeu um ofício da Secretaria Municipal de Saúde solicitando a possibilidade da liberação do recurso. “No mesmo dia assinamos e já devolvemos o documento para que o Poder Executivo pudesse enviar o Projeto de Lei”, finaliza Fúlvio Boberg.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Marcos Junior

Notícias Relacionadas

Comentar: Projeto para segundo médico no Pronto Socorro chega à Câmara

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596