Friday, 25 de September de 2020

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Volume de água do Reservatório da Usina Chavantes ultrapassou média histórica em 314%

Volume de água do Reservatório da Usina Chavantes ultrapassou média histórica em 314%
Photo Credit To Divulgação
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

 Desde setembro, as chuvas sobre a Bacia do Paranapanema estão se traduzindo em aumento considerável da vazão natural do rio Paranapanema, ao longo do qual estão instaladas onze usinas hidrelétricas – oito delas sob a concessão da Duke Energy. Para citar o exemplo mais próximo, o reservatório da usina Chavantes tem recebido volumes de água acima da média histórica. Em novembro, o volume de água que chegou no Paranapanema, nesse reservatório, foi três vezes maior do que a média histórica para este mês, precisamente, um aumento de 314%. Em dezembro, está quase duas vezes maior: 197%. Na terça-feira, 29, o nível do reservatório de Chavantes estava em 88,07%.  
 
Por essa razão, nos últimos dias a concessionária vem elevando o volume da água liberada pelos vertedouros, de modo a “soltar”, de forma gradual, o volume adicional. Hoje (29), em função das chuvas mais intensas desta semana, a usina está praticando uma vazão de 1.693 m³ por segundo, contra 751 m³ por segundo no último dia 27. Estes valores podem variar em função da ocorrência ou não de chuvas.
 
 ”Este é um procedimento normal de operação das usinas, em especial em épocas de chuvas. E quando ocorrem vazões em Chavantes acima de 1000 m³ por segundo, sempre é bom reforçar a necessidade de atenção nos pontos próximos às margens do rio”, comenta Maurílio Katekawa, da área de Operações da Duke Energy. “Nesta ocasião, estamos presenciando precipitações mais acentuadas em função do fenômeno El Nino, que está ocorrendo com intensidade acima da média. A presença dos reservatórios de acumulação, como é o caso de Chavantes, contribui para amortizar os picos das cheias”, lembra Katekawa.
 
 O controle de vazão do reservatório é baseado em estudos diários desenvolvidos em conjunto entre a concessionária e o ONS (Operador Nacional do Sistema), entidade responsável pela coordenação das operações em todas as usinas do Brasil..
 
COMUNICAÇÃO
 
A Duke Energy mantém um canal de comunicação para autoridades e comunidade em geral, pelo qual informa os níveis de reservatórios e previsão de vazão praticada pelas usinas sob a sua concessão. Trata-se do TELECHEIA, 0800-770-2428, um serviço 24 horas. A empresa ainda emite boletins diários, via internet, com essas informações, para instituições e pessoas cadastradas.
 
 A Duke Energy Brasil opera e administra oito usinas hidrelétricas instaladas ao longo do rio Paranapanema e duas pequenas centrais hidrelétricas no rio Sapucaí-Mirim, com um total de 2.274 megawatts (MW) de capacidade instalada. Em 2014, a companhia gerou 11,2 milhões de MWh, energia suficiente para abastecer 5,6 milhões de famílias ou 22 milhões de habitantes. Com cerca de 300 empregados no país, a Duke Energy Brasil representa o maior investimento internacional da norte-americana Duke Energy Corp.,a maior companhia de serviços públicos dos Estados Unidos.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Post source : Assessoria

Related posts

Comentar: Volume de água do Reservatório da Usina Chavantes ultrapassou média histórica em 314%

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

WhatsApp 596