Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide
segunda-feira, janeiro 30, 2023
21 °c
Jacarezinho

Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide

Homem com câncer terminal se cura após tratamento com remédio experimental

Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide
Escutar esta notícia

Um homem com câncer terminal ouviu dos médicos que teria apenas um ano de vida pela frente, após ser diagnosticado com a doença agressiva. Mas ele conseguiu uma virada espetacular e agora está livre do câncer, depois de ter participado do teste de um tratamento com medicamentos personalizados, no Reino Unido.

É um tratamento experimental à base de imunoterapia que abre uma nova esperança contra o câncer do trato biliar.

Robert Glynn, 51 anos, um soldador de Worsley, na Grande Manchester, disse que “não estaria aqui” se não fosse pelos resultados notáveis do teste de imunoterapia realizado pela fundação Christie NHS em Manchester.

Logo Portal Só Notícia Boa
Publicidade

 

Homem com câncer terminal se cura após tratamento com remédio experimental

 –

Por Jéssica Souza
Imagem de capa para Homem com câncer terminal se cura após tratamento com remédio experimental
Ele estava com câncer terminal e se livrou da doença após um tratamento experimental que está sendo feito no Reino Unido – Foto: The Christie NHS Foundation Trust/PA

Um homem com câncer terminal ouviu dos médicos que teria apenas um ano de vida pela frente, após ser diagnosticado com a doença agressiva. Mas ele conseguiu uma virada espetacular e agora está livre do câncer, depois de ter participado do teste de um tratamento com medicamentos personalizados, no Reino Unido.

É um tratamento experimental à base de imunoterapia que abre uma nova esperança contra o câncer do trato biliar.

Robert Glynn, 51 anos, um soldador de Worsley, na Grande Manchester, disse que “não estaria aqui” se não fosse pelos resultados notáveis do teste de imunoterapia realizado pela fundação Christie NHS em Manchester.

O diagnóstico

Glynn foi diagnosticado com câncer de ducto biliar intra-hepático um dia antes de seu 49º aniversário em junho de 2020, após sentir fortes dores no ombro, que o impediam de dormir.

Também conhecido como câncer do trato biliar, essa condição agressiva faz com que as células que revestem os ductos biliares se multipliquem e cresçam mais do que deveriam.

Os ductos biliares são pequenos tubos que conectam o fígado, a vesícula biliar e o intestino delgado (intestino). Eles liberam a bile no intestino depois de comer, ajudando a digerir a gordura.

Câncer se espalhou

Na época do diagnóstico de Glynn, o câncer havia se espalhado para sua glândula adrenal e fígado, com tumores grandes demais para serem operados. Foi classificado como estágio 4, com um prognóstico sombrio.

“Pedi à minha consultora para ser honesta e me dizer quanto tempo eu teria se continuasse como estava, e ela disse 12 meses”, disse ele.

2% de chance de vida

Cerca de 1.000 pessoas no Reino Unido são diagnosticadas com câncer de ducto biliar todos os anos. Para aqueles, como Glynn, cujo câncer se espalhou para outros órgãos, apenas uma em cada 50 pessoas (2%) viveu pelo menos cinco anos após o diagnóstico, de acordo com estudos americanos citados pelo Liver Cancer UK.

Glynn foi encaminhado ao Christie, onde foi considerado um bom candidato para participar de um ensaio clínico de um medicamento de imunoterapia que já foi aprovado para uso em câncer de pulmão, rim e esôfago.

A imunoterapia funciona ajudando o sistema imunológico a reconhecer e atacar as células cancerígenas.

A análise pré-tratamento do tumor de Glynn mostrou que ele tinha uma alta carga de mutação (grande número de mutações genéticas nas células), sugerindo que ele poderia ter uma boa resposta ao tratamento.

O tratamento

O tratamento, que é administrado por gotejamento e ajuda o próprio sistema imunológico da pessoa a combater o câncer, foi combinado com a quimioterapia padrão.

A droga não pode ser nomeada devido à natureza experimental deste estudo para câncer de ducto biliar.

Ótimos resultados

O tumor no fígado diminuiu de 12 cm para 2,6 cm, enquanto o tumor da glândula adrenal diminuiu de 7 cm para 4,1 cm.

Isso significava que Glynn poderia se submeter a uma cirurgia em abril para remover seus tumores.

Os cirurgiões encontraram apenas tecido morto, o que significava que o tratamento havia matado todas as células cancerígenas.

“Eles não encontraram nenhuma célula cancerígena ativa. Eles testaram os tumores duas vezes porque não conseguiam acreditar”, disse Glynn.

Um milagre

“Uma enfermeira disse que foi um milagre. Não gosto dessa palavra – sou apenas um cara comum – mas é definitivamente notável. Sem o julgamento eu não estaria aqui”, acrescentou.

Desde sua operação em abril deste ano, Glynn não precisou de mais nenhum tratamento e seus exames trimestrais mostram que ele está livre do câncer.

Estudos em novos pacientes

Novos estudos agora estão sendo realizados com mais pacientes, na esperança de mudar o tratamento do câncer de vias biliares.

Depois de saber da ligação entre obesidade e câncer, Glynn também mudou completamente sua dieta, perdendo cinco quilos ao cortar todos os alimentos processados, açúcar refinado, laticínios e leite. “Foi o chute no traseiro que eu precisava para mudar minha vida”, disse ele.

O professor Juan Valle, oncologista consultor da Christie e especialista líder mundial em câncer do trato biliar, disse: “Robert se saiu muito bem com essa combinação devido ao fato de seu tumor ter uma alta carga de mutações ou um alto número de mutações genéticas.

“A maioria dos pacientes com esse diagnóstico não tem tantas mutações em suas células cancerígenas, então o tratamento não será tão eficaz, mas destaca a importância da medicina personalizada.

“Os resultados desta pesquisa e de outro estudo maior são aguardados com entusiasmo por colegas em todo o mundo, pois podem levar a uma mudança na forma como tratamos pacientes como Robert no futuro.”

 

Fonte: Com informações do The Guardian

Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist

Converse com a
gente agora mesmo!