Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide
sexta-feira, janeiro 27, 2023
21 °c
Jacarezinho

Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide

Pesquisa mostra as cidades mais educadas do Brasil! Adivinha qual venceu?

Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide
Escutar esta notícia

Uma pesquisa mostra quais são cidades mais educadas, cordiais e gentis do Brasil. Adivinha qual venceu? A capital federal, Brasília (DF)! Depois aparecem, Natal (RN), Curitiba (PR), Campinas (SP), Recife (PE) e Belém (PA). Foram analisados 15 municípios do país no levantamento.

De 2 a 7 de novembro de 2022, foram ouvidos 1,6 mil moradores, das 15 maiores cidades do país, em estudo conduzido pelo Censuswide, exigindo apenas que para participar a pessoa deveria morar no local há pelo menos 12 meses.

A pesquisa foi publicada na plataforma de idiomas Preply.

Palco recente de cenas de barbárie nunca antes vista na história recente do país, as cenas que vandalizaram o Palácio do Planalto, o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal no último dia 8, ainda assim a capital federal foi apontada como a que respeita seus pedestres e trabalhadores.

A pesquisa refere ainda que os brasilienses não costumam furar filas.

Comportamento

Em Curitiba e Natal, os moradores não falam viva voz do celular em público e costuma ser bem receptivos com turistas e pessoas de fora.

O site da prefeitura da capital do Rio Grande do Norte a descreve como um dos mais belos litorais do Brasil, que se estende por mais de 400 km habitado por “um povo hospitaleiro que recebe os visitantes de braços abertos”.

Os moradores também foram questionados quanto ao valor das gorjetas que ofereciam. A partir desses dados, foi calculado o tamanho médio da gorjeta que os residentes deixam em cada cidade para descobrir quais são os mais e os menos mesquinhos.

Campinas é a cidade que dá as gorjetas mais altas, classificada como a mais generosa, depois vem Brasília, Porto Alegre, Salvador e Fortaleza.

Rudes

A pesquisa também quis saber quais cidades brasileiras têm os piores modos, os resultados mostraram que a distração com o telefone é o mais prevalente, fazer muito barulho, não cumprimentar as pessoas, além de assistir vídeos e não dar gorjeta.

No ranking estão Manaus seguida pelo Rio de Janeiro e Belo Horizonte (7,30), que tiveram as classificações mais altas nesse quesito.

“Não é como se todas as pessoas desses lugares fossem rudes e grosseiras, mas podem manter alguns costumes que incomodam os outros no cotidiano”, disse Yolanda Del Peso, especialista em Outreach da Preply.

O estudo também questionou se os entrevistados achavam que os “locais” – pessoas nascidas e criadas em suas cidades – eram mais indelicados do que os não locais ou se ambos eram igualmente rudes.

De acordo com os resultados do estudo, existem apenas cinco cidades com “moradores locais” mais rudes: Porto Alegre, Goiânia, Curitiba, Belo Horizonte e Campinas.

Por outro lado, as cinco cidades onde os não residentes são mais indelicados incluem Natal, Rio, Belém, São Luís e Manaus.

Residentes

A representante da região Centro-Oeste do estudo, Goiânia foi classificada também como o local menos gentil do país, seguida pelo Rio de Janeiro que, segundo seus residentes, pode não  ter “encantos mil” .

O Rio de Janeiro foi classificada como a segunda cidade onde as pessoas são mais mal-educadas. Descendo para o Sul, Porto Alegre completa o pódio com 6,50 de média.

Logo Portal Só Notícia Boa
Publicidade

Pesquisa mostra as cidades mais educadas do Brasil!  Adivinha qual venceu?

 –

Por Renata Giraldi
Imagem de capa para Pesquisa mostra as cidades mais educadas do Brasil!  Adivinha qual venceu?
No ranking das cidades mais educadas do Brasil venceu Brasília, na pesquisa Censuswide – Foto: reprodução / Agência Brasil

Uma pesquisa mostra quais são cidades mais educadas, cordiais e gentis do Brasil. Adivinha qual venceu? A capital federal, Brasília (DF)! Depois aparecem, Natal (RN), Curitiba (PR), Campinas (SP), Recife (PE) e Belém (PA). Foram analisados 15 municípios do país no levantamento.

De 2 a 7 de novembro de 2022, foram ouvidos 1,6 mil moradores, das 15 maiores cidades do país, em estudo conduzido pelo Censuswide, exigindo apenas que para participar a pessoa deveria morar no local há pelo menos 12 meses.

A pesquisa foi publicada na plataforma de idiomas Preply.

Palco recente de cenas de barbárie nunca antes vista na história recente do país, as cenas que vandalizaram o Palácio do Planalto, o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal no último dia 8, ainda assim a capital federal foi apontada como a que respeita seus pedestres e trabalhadores.

A pesquisa refere ainda que os brasilienses não costumam furar filas.

Comportamento

Em Curitiba e Natal, os moradores não falam viva voz do celular em público e costuma ser bem receptivos com turistas e pessoas de fora.

O site da prefeitura da capital do Rio Grande do Norte a descreve como um dos mais belos litorais do Brasil, que se estende por mais de 400 km habitado por “um povo hospitaleiro que recebe os visitantes de braços abertos”.

Os moradores também foram questionados quanto ao valor das gorjetas que ofereciam. A partir desses dados, foi calculado o tamanho médio da gorjeta que os residentes deixam em cada cidade para descobrir quais são os mais e os menos mesquinhos.

Campinas é a cidade que dá as gorjetas mais altas, classificada como a mais generosa, depois vem Brasília, Porto Alegre, Salvador e Fortaleza.

Rudes

A pesquisa também quis saber quais cidades brasileiras têm os piores modos, os resultados mostraram que a distração com o telefone é o mais prevalente, fazer muito barulho, não cumprimentar as pessoas, além de assistir vídeos e não dar gorjeta.

No ranking estão Manaus seguida pelo Rio de Janeiro e Belo Horizonte (7,30), que tiveram as classificações mais altas nesse quesito.

“Não é como se todas as pessoas desses lugares fossem rudes e grosseiras, mas podem manter alguns costumes que incomodam os outros no cotidiano”, disse Yolanda Del Peso, especialista em Outreach da Preply.

O estudo também questionou se os entrevistados achavam que os “locais” – pessoas nascidas e criadas em suas cidades – eram mais indelicados do que os não locais ou se ambos eram igualmente rudes.

De acordo com os resultados do estudo, existem apenas cinco cidades com “moradores locais” mais rudes: Porto Alegre, Goiânia, Curitiba, Belo Horizonte e Campinas.

Por outro lado, as cinco cidades onde os não residentes são mais indelicados incluem Natal, Rio, Belém, São Luís e Manaus.

Residentes

A representante da região Centro-Oeste do estudo, Goiânia foi classificada também como o local menos gentil do país, seguida pelo Rio de Janeiro que, segundo seus residentes, pode não  ter “encantos mil” .

O Rio de Janeiro foi classificada como a segunda cidade onde as pessoas são mais mal-educadas. Descendo para o Sul, Porto Alegre completa o pódio com 6,50 de média.

Os entrevistados reclamaram que as pessoas são muito barulhentas nas ruas e se distraem facilmente ao celular. Tambpem ouve críticas à pouco importância dada a estranhos, caso de Porto Alegre. Por exemplo, esbarrar em uma pessoa sem querer e esquecer de pedir desculpas.

São Paulo, a maior metrópole do país, conhecida pela impaciência e pressa dos moradores.

Veja o ranking das cidades mais educadas do Brasil:

Agora as menos educadas do Brasil:

Quadras de Brasília, a cidade mais educada do Brasil - Foto: Agência Brasil

Quadras de Brasília, a primeira das cidades mais educadas do Brasil – Foto: Agência Brasil

 

Fonte: Com informações da Preply

Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist

Converse com a
gente agora mesmo!